segunda-feira, 26 de novembro de 2007

e-mail a um amor distante


oi meu amor, to escrevendo pq sinto saudade.
agora domingo de madrugada, 3h25 (horário daqui)
eu já te mandei uma msg de bom dia pq aí já amanheceu.
mas isso não é suficiente pra saudade q eu sinto,
isso é muito pouco pra o q eu preciso.
amor, todos os dias eu acordo desejando ter
vc do meu lado, desejando te dar um beijo
e muitas vezes te amar logo nas primeiras horas do dia.
mas vc não está mais aqui e essa distancia acaba comigo.
deixa meu coração pequenino e cheio de saudade.
me diz uma formula pra acabar com isso, pq tá doendo,
tá machucando e cada dia, eu sinto mais necessidade
do teu corpo, da tua alma, do teu amor.
estou agora no meio da madrugada, estou sem sono,
estou só, diante de um computador sem ninguém pra falar comigo
sinto a sua falta. vc sempre foi minha companhia.
a noite ta fria, porém brilha uma lua linda
parecida com aquela lua q nos amamos pela primeira vez,
olho ao lado do computador vejo um livro que vc me deu,
levanto e vou beber água no copo q vc deixou
vc está ao meu redor, em tudo q vejo, em tudo q toco.
sem perceber vc é parte de mim
porém, agora estou sem essa parte, vc foi embora e me deixou,
me deixou com a lua, o livro, o copo, a saudade
e uma porção de outros sentimentos.
volta, eu te amo!


P.S. Qualquer semelhança será considerado apenas uma mera coincidência.

4 comentários:

J disse...

Ei prima, adorei... Uma explosão em forma literata com linguagem simples. Estás muito melhor que possamos imaginar.

Beijos do primo.

Fernando Junior.

Raisa disse...

Owww meu Deus, que texto lindo, prima! Não consigo expressar mais do que essas palavras falam por si...
Estou com saudades..
Bjus
Te amo

Anônimo disse...

Todo dia que acordo agradeço por vc existir na minha vida.
Um beijo
Te amo

Jefferson disse...

pooha mimi!

q bi..iiitu!
gostei!

deve tah uma ferida duh caralho!
sei como eh isso!

parabens!
BjÖ!