segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Azul, lindo e salgado


Galera, morar em Joinville é massa, mas é interior, o que significa que não tem praia. Jamais pensei que fosse sentir tanta falta de um marzão azul, lindo e salgado. Que saudade da praia de Boa Viagem, tudo que eu queria era ficar naquela areia lotada de gente, que mal dá pra você andar, com um calor ao ponto de queimar o resto do juízo e brigar com o barraqueiro que vende a cerveja quente e ainda cobra pela cadeira que ele cedeu pra gente sentar.

Sofridos 6 meses sem ver a cor do mar, já até havia esquecido o significado de ir a praia. Eu havia passado do estado de branquela, estava esverdeada, tipo barriga verde, como são chamados os catarinas, tinha vergonha de ficar sem roupa até na minha própria frente, procurava minha marca de biquíni que cultivei durante anos e anos indo a praia de Boa Viagem. Não que em Santa Catarina não exista praia, existe sim, longe de mim esquecer de Floripa, Camboriu ou Bombinhas, mas em Joinville só tem o Rio Cachoeira e olhe lá.

Até que, junto com Giovanna, Roy e Vitória, decidir retirar o mofo que já fazia parte do meu corpo e ir em busca do litorial catarinense. Fui disposta a encontrar a qualquer custo o marzão azul, lindo e salgado (tudo bem, não precisa ser um marzãooo, uma prainha já resolve). Demorou, mas encontramos. Passei um tempão olhando para aquele deslumbrante e infinito azul, tirei minha roupa (eu estava de biquíni), sentei na cadeira, pedi uma cerveja estupidamente gelada, um camarão alho e óleo e passei a curtir inesquecíveis momentos de puro prazer frente a praia.

O sol estava lindo, quente, (e muito quente por sinal) ao ponto de eu voltar para casa com o corpo fervendo, vermelha que mais parecia um tomate maduro (o tomate foi a melhor comparação, eu sai do estado verde direto para o vermelho), putz! estou desacostumada (%@$%#). Tive que passar cerca de 3kg de hidratante para aliviar todo aquele ardor.

6 comentários:

Anônimo disse...

Oi amore, queimadinha... hum isso é bom. Esqueci de te falar que você esta na Santa e Bela Catarina, ai não tem Boa Viagem, Porto de galinhas ou Calhetas, mas tem Bombinhas, Jurerê, Floripa, Praia dos ingleses e ainda tem praia de nudismo em Camburiu (Praia do Pinho).
Vai com calma que o verão costuma ferver, com os paulistas e os gringos que invadem esta terra maravilhosa.
Bjos mil Nando

Raisa disse...

Ahhh, prima, você ainda tem uma desculpa para estar verde!!! Eu passei bem 3 semanas em Recife, todas as horas do mundo indo e voltando Piedade-Dois Unidos, passando por Boa Viagem e voltei mesmo transpareeeente!! Diz se não é o fim, vai!!

Mas SC é assim mesmo... Meus amigos catarinenses são incolores também.. Tanto que em Campinas chegamos a perguntar se aí havia praia(mar, areia e sol) e se o Sol era de graça, como aqui no nordeste!!

Faz como Nando disse, prima! Prepare-se para o verão, esses gringos mais branquelos que você te farão perceber que sua cor é o bronze do momento!! hehehehe
BJus te amo

Jefferson disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

muito bom esse!

como jah tinha teh dito,
tah vendo q agente soh sabe oq eh bom quando perde!?

mais muito bom!
parabens!

BjÖ

Leonardo disse...

A brancura também dá saudade! Principalmente depois de ficar vermelha, vc corre pra ficar branca de novo (de hidratante e pomada pra queimadura).

Um ótimo tema pra um texto sobre os mares do norte a sul, são o contraste entre a água quentinha de Pernambuco e o mar gelado do sul. Não que seja ruim! É uma experiência fantastica mergulhar nessa água congelante kkkkkkkk Mas é uma experiencia totalmente diferente. Já na areia, todos os gatos são pardos. E vermelhos como tomate. No caso de Floripa, e gatos! kkkkkk

Jura Arruda disse...

Caramba, Mi. Esse post me faz ver como sou um péssimo cicerone. Você está a não mais do que 30 minutos de duas belas praias de Santa Catarina. Uma, indo pela BR, a boa e hospitaleira Barra Velha; Outra, em São Francisco do Sul, terceira cidade mais antiga do país. Lá você tem Prainha, Praia Grande, Enseada, Capri, Ubatuba, Praia da Tartaruga etc etc... Haja sol pra tanto litoral! Aliás, se você reparar, alguns bairros de Joinville tem uma terra arenosa, típica de litoral. Ou seja, esse interior aqui fica a minutos do marzão, azul e salgado... Acho que preciso caprichar mais não é? Mas deixa que o verão tá aí, e nós vamos fazer um tour pelas praias da Santa e Bela Catarina. Beijos

Liza disse...

Tá cá moléstia kkkkkkkkkk =P
Essa nega reclama de barriga cheia hein?!? Pô Miche tem altas praias...e como disse o Jura não leva mais que 45 minutos pra vc chegar numa...
Beijocas e tô gostando dos seus textos, menos qdo vc viaja d+...tipo esse...hahahaha =D