quarta-feira, 24 de setembro de 2008

VIVA


Cada dia que passa, cada noite em que o sol adormece e a lua chega para brilhar juntamente com as estrelas, me paro a pensar: como a vida é curta, como tudo passa depressa, até pouco tempo eu estava levando biscoito goiabinha com suco de laranja na minha lancheira vermelha e trocando os lanches com meus amigos do Colégio São João. Até pouco tempo eu corria pela rua cristianopolis, que ainda nem era asfaltada e não oferecia perigo algum para as crianças daquele bairro. Nesta mesma rua jogava vôlei com meu irmão, Karol, Rapha, Patrícia, Domingos, Diego grande, Abdias, Alan, entre tantos outros bons amigo de infância, que tomaram seus destinos. Tomava banho pelada na Praia dos Carneiros e não tinha ninguém para olhar, nem para dizer que aquela belíssima praia era privada. Gazeava aula no Colégio Rubro Negro com Etine, Monique e Everson (detalhe: eles me influenciavam rsrsrs) e esperava Conceição nos achar escondidos na quadra de vôlei. Já dizia a máxima, “o tempo passa voando”, e se você não aproveitar, voa com ele.

Viva intensamente cada momento, ria quando tem que rir, ajude quando se precisa, não deixe para amanha o que se pode fazer hoje. Horácio, antes mesmo de Cristo, quando escreveu “Odes” já falava sobre isso, a expressão que aparece em seu poema Carpe diem quam minimum credula postero, popularmente conhecido como aproveite o dia e deixe o mínimo para amanha.

Por isso quero deixar o recado que quatro coisas na vida não voltam mais: a pedra, depois de atirada; a palavra, depois de proferida; a ocasião, depois de perdida; e o tempo, depois de passado.
Um ótimo dia e bastante proveitoso para todos!!!

8 comentários:

Raisa disse...

Aproveite a vida!! E todo mundo me diz isso, a cada minuto, e embora às vezes seja difícil, quando a ética social nos deixa com a consciência pesando (ah poxa, eu queria hoje sair correndo nua pelas praias de aracaju) estamos fazendo o melhor para viver intensamente e sem arrependimentos =D

Só um comentariozinho.. Prima, você tem certeza que alguém te influenciava a fazer alguma coisa???? kkkkk imaginei que você sempre era a chefona da gang juvenil... rsrsrs

bjusss

Nine disse...

Concordo com Raisa,a desculpa é vc dizer q era influnciada,todos nós temos "podres secretos" e que saiem com facilidade qdo encontramos gente do nível para praticar,ou seja Michelli sempre foi alma e quer pôr a culpa nos seus amoigos de escola,releia o texto e veja se ela ñ tem tudo pra ser uma malandra!!Bjs.

Jura Arruda disse...

E não é?

E o que dizer da distância, fofinha? Falar nisso, a distância do Boa Vista ao Bom Retiro anda parecendo a mesma de Joinville a Recife, Deusdocéu! Beijão, Mimi.

Solange disse...

Filha,
É o que sempre digo a vc ... quando o assunto é a passagem do tempo ... aproveite cada dia como se fosse o último ...
Ah, mas aquela estória de gazear aula, vamos ter uma conversinha bem séria, pq pelo que lhe conheço bem, vc jamais seria influenciada .... em verdade vc era quem exercia sua influência em tudo ... vc sempre foi capaz de vender gelo a esquimó ...
bjs
Solange

Anônimo disse...

Oi Miche!!! Passei por aqui e tudo q tava atrasado rsrsrs ;)
É isso aí!!! Curti o seu texto ;) Manda ver...agora estou esperando por novos heheh Beijocas, Liza

NIne disse...

Querida tia Solange q ñ me dixa mentir!kkkkkkkkkkk.Tá vendo até sua mãe reconhece q vc era ou é uma alma-sebosa kkkkkkkkkkkk(Nossas mães nos conhecem melhor q nós mesmos,minha mãe tem a mesma opinião).Aliás nesse assunto,minha mãe diz q nós éramos "Imbatíveis",a dupla perfeita.E q saudade das nossas armações...Bjks.

Cleyton disse...

Lindo texto gatona. Beijão de saudades.

Anônimo disse...

Oie linda!
Fazia tempo que eu nao navega na net...mas sempre que entro dou uma espiadinha no seu blog....o que posso dizer?!...vc é uma pessoa SHOW (apesar dos contratempos - sabe que te aprecio)...a escolha de seus textos naõ poderiam ser diferentes...querida...bjs e cuide-se.....VICKY